PortuguêsEnglish

COVID19 – Funcap cria linha de fomento de R$ 1 milhão

2 de abril de 2020

Segundo o presidente da Funcap, Tarcísio Pequeno, o apoio financeiro é sob a forma de bolsas de pesquisa e inovação. A linha especial de fomento é para Projetos Emergenciais de Combate à COVID-19 e deve aumentar de tamanho.

EPIs serão produzidos pelo Instituto Senai de Tecnologia no Ceará

EPIs serão produzidos pelo Instituto Senai de Tecnologia no Ceará

Fortaleza – A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (Funcap) criou uma linha especial de fomento (a fundo perdido) de Projetos Emergenciais de Combate à COVID-19. O presidente Tarcísio Pequeno diz que o apoio financeiro será sob a forma de bolsas de pesquisa e inovação. Para começar, R$ 1 milhão, mas o valor deverá crescer conforme a demanda.

O processo de aprovação é diferente do convencional. Não existe o trâmite usual de seleção, mais demorado. A Fundação identifica os projetos e libera os recursos. Uma condição obrigatória é que os projetos deem resultados em até um mês.

O orçamento total da Funcap este ano chegou a R$ 100 milhões. “Pela primeira vez na história”, festeja Tarcísio. A Funcap é ligada à Secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado.

Um exemplo: no caso de um projeto que preveja testes rápidos para estes genéticos, a Funcap exige que o escopo seja claro e direto: vai produzir X testes em determinado tempo. A Funcap paga por melhorias de equipamento, como a compra de componentes, e também o custo de pessoal.

Senai-CE buscou parceria 

Procurada, a Funcap entrou como parceira do Senai (braço da Federação das Indústrias do Ceará- Fiec). O Senai (Fiec) já iria fazer 30 mil máscaras de proteção facial sozinho, mas ganhou o reforço.

A entrega do primeiro lote de duas mil proteções faciais para a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) será nesta quarta-feira (1). O nome técnico é full face shield e são usadas sobre as máscaras por equipes na linha de frente do atendimento.

Além da fabricação de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), a Funcap participa da produção e manutenção de peças para ventiladores pulmonares. No caso dos ventiladores, uma equipe de especialistas vai ajudar no diagnóstico de equipamentos com defeitos e na construção de peças de reposição. “Não é tarefa simples. Alguns doutores foram agregados”, disse o diretor de Inovação da Funcap, Jorge Soares.

Fonte: Jornal O Povo